Blog da Modall

Da Agência Câmara

Em reunião com a ministra-chefe da Casa Civil da Presidência, Gleisi Hoffmann, na tarde desta quinta-feira (14), representantes de trabalhadores portuários reclamaram que a Medida Provisória 595/12 vai “quebrar” os portos públicos. Eles afirmaram ainda que o texto vai piorar as condições de trabalho e ameaçam entrar em greve.

O ponto mais criticado da MP é o que dispensa os terminais privados de contratar mão de obra por intermédio do OGMO (órgão de gestão de mão de obra).

O deputado Paulo Pereira da Silva (PDT-SP), presidente da Força Sindical, comentou que os direitos dos trabalhadores serão alterados em breve

— Isso vai tornar precária a mão de obra; os direitos dos trabalhadores não estão sendo mexidos hoje, mas vão ser mexidos no futuro.

Ameaça de greve

De acordo com o parlamentar, o texto também traz uma série de exigências que valem apenas para os portos públicos. Dentre…

Ver o post original 426 mais palavras

Anúncios

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: