AQUAVIAS: Atraso decenal

Li em esta em http://portoitajai.com.br/novo/noticia/673:

Segundo o especialista [Antônio Carlos Cristino,representante da Associação Brasileira dos Terminais e Recintos Alfandegados (ABTRA)], até os anos [20]20 o Brasil tende a movimentar mais de 9 milhões de contêineres e a plataforma logística precisa estar atenta a esse crescimento.

Só em torno de 2020 é que a (atual) sexta economia do mundo movimentará o mesmo que Hamburgo, maior porto da Alemanha e 14º do mundo, movimentou em 2011 — sim, 2011. Com todos os terminais que têm e terá, o Brasil não conseguirá alcançar o nível do porto malaio de Kelang (9,6 milhões de TEUs em 2011).

Anúncios

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: