VALE BEIJING: Água-aberta interrompe carregamento de supernavio no Maranhão

A empresa sul-coreana STX Pan Ocean Co. confirmou hoje que o navio mineraleiro “Vale Beijing” está com uma brecha no casco.

A avaria, ocorrida em um dos tanques de lastro da embarcação, foi encontrada durante o carregamento do navio no terminal da Ponta da Madeira, no Maranhão.

Em um e-mail enviado para o portal de notícias Bloomberg, a STX afirma que está investigando as causas do fato, noticiado originalmente pelo jornal carioca O Globo, e planeja levar o navio, um dos maiores do mundo, para reparos.

Este é mais um tropeço para os gigantes da Vale. Armadores chineses, capiteneados pela China Ocean Shipping Company, têm batalhado ferozmente contra o que consideram uma séria ameaça para os fretes e, portanto, para a rentabilidade do transporte marítimo de minério. Em junho, o “Vale Brasil” foi desviado para a Itália depois que se confirmou que seu destino original, o porto de Dalian, na China, não iria recebê-lo.

Com informações da Businessweek e do Terra.

Anúncios

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: