AMBIENTE: ONGs e transporte marítimo somam forças na COP17

ONGs globais anunciam parceria com a Câmara Internacional de Navegação para propor formas de regular as emissões nos transportes marítimos.

Por Sérgio Abranches, de Durban

[…]

Hoje, as ONGs WWF e Oxfam anunciaram parceria com a Câmara Internacional de Navegação Marítima, que representa 80% da frota da marinha mercante mundial, para trabalhar junto aos governos sugerindo formas de obter a redução das emissões do setor.

O ponto principal da parceria é buscar solução para os entraves políticos que têm impedido um acordo na Organização Marítima Internacional, segundo eles o agente apropriado para regular as emissões desse setor. O acordo sobre um quadro de regulação efetiva das emissões do transporte marítimo global deveria ser desenhado para reduzir o “vazamento de carbono”, com adoção de um mecanismo de compensação, disseram em comunicado à COP17. A receita obtida por esse mecanismo teria parcela “significativa” destinadas aos países em desenvolvimento, como forma de respeitar o princípio das responsabilidades diferenciadas. Segundo as ONGs e a Câmara Internacional de Transportes Marítimos, essas receitas poderiam ser canalizadas para o Fundo Verde para o Clima, cujo desenho final está sendo negociado aqui em Durban.

[…]

Para ler o post na íntegra, acesse http://www.ecopolitica.com.br/2011/11/29/ongs-e-marinha-mercante-formam-parceria-na-cop17/

Para saber mais, leia ainda http://www.jb.com.br/ciencia-e-tecnologia/noticias/2011/11/29/transporte-maritimo-disposto-a-pagar-imposto-por-emissoes-de-co2/


Anúncios

Tags:, , , ,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: