HISTÓRIAS DO MAR | Encontrados vestígios de navio do pirata Henry Morgan

Os destroços perdidos de um navio que pertencia ao pirata Henry Morgan, no século XVII, foram descobertos no Panamá por arqueólogos americanos da Universidade do Texas.

Os vestígios da embarcação foram encontrados próximos a um recife de corais, onde Morgan perdeu outros cinco navios, incluindo o principal de sua frota, “Satisfaction”. Os pesquisadores encontraram parte do casco de um navio de madeira, além de várias caixas e baús fechados, incrustrados em um coral.

A carga ainda não foi aberta, mas a Captain Morgan USA — companhia de rum batizada com o nome do pirata, e que patrocina a expedição — espera que a bebida faça parte do tesouro.

“Quando surgiu a oportunidade para ajudarmos essa missão, pareceu-nos natural entrar nessa jornada. Os artefatos que serão descobertos vão nos ajudar a entender melhor a vida e as aventuras de Henry Morgan”, disse, em comunicado, o diretor da empresa, Tom Herbst.

No século XVII, Henry Morgan atuava como corsário a serviço da Coroa britânica, realizando expedições pioneiras pelas Américas. Em 1671, ele empreendeu um esforço para capturar a Cidade do Panamá, atacando o domínio espanhol no Caribe. Morgan concentrou sua fúria no Castillo de San Lorenzo, um forte da Espanha em uma falésia localizada na entrada do Rio Chagres, principal passagem marítima da região. A missão foi vitoriosa, mas Morgan perdeu cinco embarcações devido ao mar bravo e os recifes rasos que cercavam a área.

Alguns artefatos da frota de Morgan já haviam sido encontrados pela mesma equipe no Panamá no ano passado — entre eles, seis canhões.

Da Agência O Globo

Anúncios

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: