SOS Serra | Cadastro das prefeituras pode acelerar localização de vítimas

De Patrícia Silva, @patydsilva, de Belo Horizonte, vem uma boa ideia para localizar desaparecidos na Região Serrana do Rio de Janeiro. É realmente simples, mas em tempos de caos pós-desastre, o estresse limita nossa visão das opções e do que mais importa — daí o interesse que tive em reunir o que ela tuitou:

“O ideal é que a prefeitura disponibilize, por rua, nome dos proprietários/as que constam no seu banco de dados. A partir do Banco de Dados (Prefeitura e Posto de Saúde) cruza-se com os dados das áreas atingidas. As agentes de saúde ou mesmo enfermeiras dos postos são capazes de dizer quantas pessoas haviam em cada residência que pode ou não ter vindo abaixo. Depois é construir novo banco de dados: dos que procuram (nome, familiares, logradouro). A partir daí, é mais fácil informar.”

E ela faz um comentário final:

“Tenho experiência em tragédias, infelizmente.”

 

Anúncios

Tags:, , , , , ,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: