AMBIENTE | Cidades costeiras sofrerão mais com mudança climática

Evidências indicam que as cidades mais populosas do planeta devem ficar três vezes mais vulneráveis a condições extremas de tempo até 2070.

A informação é de um estudo da Universidade de Southampton, no Reino Unido, publicado na edição deste mês da revista Nature Climate Change

O trabalho, liderado por Susan Hanson e Robert Nicholls, estimou a variação do risco de inundações costeiras em 136 portos urbanos ao longo das próximas seis décadas. Segundo eles, a elevação do nível dos oceanos e a maior ocorrência de tempestades, combinadas com o crescimento da população, da urbanização e dos movimentos do solo, aumentará a exposição de bens nessas regiões em 10 vezes, afetando potencialmente 9% do Produto Interno Bruto global.

O estudo constatou ainda que, das 20 localidades mais vulneráveis, 13 estão na Ásia, e que economias em desenvolvimento e emergentes correm os maiores riscos e tem, em geral, menos recursos para desenvolver e implementar políticas e ações de longo alcance contra o crescimento destes riscos — atitude que, de acordo com os pequisadores, deve ser incentivada desde já.

Anúncios

Tags:,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: