ELEIÇÕES 2010 | Candidatos ao governo de SC apresentam planos antienchentes

Ideli (PT) e Colombo (DEM) propõem criação de secretarias especiais. Ângela (PP) aposta em plano de ação e mapeamento de áreas de risco.

Quase dois anos após a maior tragédia natural registrada nos últimos 26 anos em Santa Catarina, as enchentes que atingiram em novembro de 2008 municípios como Itajaí e Blumenau motivam propostas e planos dos candidatos ao governo do estado para enfrentar catástrofes naturais.

O G1 consultou os candidatos sobre seus planos para evitar a reedição das tragédias. Contatadas por telefone e por e-mail, as campanhas dos candidatos Amadeu (PCB), Gilmar Salgado (PSTU), Carmelito (PMN), Rogério Novaes (PV) e professor Valmir (PSOL) não haviam respondido até sexta-feira (3).

A ordem das respostas segue o desempenho dos candidatos na última pesquisa de intenção de voto (Ibope, divulgada no dia 28 deste mês).

Ângela Amin (PP)

  • PAE – Plano de Ações para Enchentes: ação multidisciplinar coordenada por grupo com representação de todos os entes públicos (governos estadual e municipais, Defesa Civil) para treinar, conscientizar e educar comunidades em áreas de risco para situações de emergência. PAE definirá responsabilidades e indicará procedimentos para prevenção e resposta a emergências.
  • MAR – Mapeamento de Áreas de Risco: programa para identificar áreas de risco e extinguir moradias irregulares, reassentando famílias em habitações legalizadas e recuperando áreas degradadas.
  • Uso da tecnologia da informação para viabilizar os objetivos dos projetos.

Raimundo Colombo (DEM)

  • Criação de uma Secretaria de Estado de Emergência, para intervenção em desastres naturais. Proposta é que órgão trabalhe com previsão e em relação direta com fontes de recursos federais e ONGs de ajuda humanitária, agregando novas formas de intervenção.
  • Apoio a projetos propostos por Colombo no Senado Federal: antecipação de cota do Fundo de Participação dos Municípios e prorrogação do pagamento de dívidas com a União para municípios atingidos; liberação imediata do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para moradores de áreas atingidas; dedução de Imposto de Renda para contribuições a fundos estaduais da Defesa Civil.

Ideli Salvatti (PT)

  • Criação de uma Secretaria Estadual de Mudanças Climáticas, para prevenção qualificada e integrada dos desastres e ação em políticas de promoção da sustentabilidade.
  • Investimento forte em dragagem.
  • Fortalecimento do sistema de Defesa Civil (com orçamento permanente) e de monitoramento e alerta de eventos críticos.
  • Mapeamento estadual de áreas de risco e apoio a planos de contingência municipais.
  • Ações pró-ativas: estudos sobre mudanças climáticas, turismo sustentável, pagamento por serviços ambientais

Fonte: G1

Anúncios

Tags:, , , , , ,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: