AQUAVIA | Lixão no fundo do mar

Caça ao Lixo Subaquático recolheu sábado 700 quilos de dejetos na água e no costão de Porto Belo

PATRÍCIA AUTH | Jornal de Santa Catarina

PORTO BELO – Você já imaginou no meio de um mergulho no mar encontrar um pneu ou uma descarga plástica usada em banheiros? A ideia parece absurda, mas é realidade. Itens como estes foram retirados do fundo do mar e dos costões da Enseada Encantada de Porto Belo. O lixo deixado na natureza por turistas e moradores do município somou 700 quilos e foi recolhido no fim de semana por meio de uma iniciativa inédita da Associação Catarinense de Pesca Subaquática (ACPS).
–A gente percebeu a necessidade de ações como esta e a partir de agora pretendemos promover todos os anos a Caça ao Lixo Subaquático – disse o presidente da ACPS, Rangel Maurício de Almeida.

Todos os materiais recolhidos do mar e dos costões foram colocados em sacos e serão separados por trabalhadores da prefeitura de Porto Belo, que darão o destino correto aos objetos.

O metalúrgico José Horner, 32 anos, morador de Brusque, participou da ação. O que o surpreendeu não foram os produtos inusitados encontrados, mas, sim, a quantidade de lixo comum:

– No fundo do mar, eu quase não encontrei nada, mas nos costões há muito lixo. São coisas trazidas por pescadores de fim de semana, como embalagens de alimentos, por exemplo.

Cerca de 150 pessoas participaram da ação inédita

A ação promovida durante todo o sábado servirá de exemplo para que a prefeitura coloque em prática a fiscalização de uma lei municipal aprovada no começo deste ano. Em Porto Belo, é proibido acampar ou acender fogueiras nos costões das praias como forma também de evitar o descarte errado do lixo.

– Até o verão, nós estaremos com equipes de fiscalização nas praias. Quem for pego descumprindo a lei, será multado – afirma o secretário de Turismo, Alexandre Stodieck.

Ao todo, 150 pessoas e 10 embarcações participaram da Caça ao Lixo Subaquático de Porto Belo.

Saiba mais em http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,186,3022198,15393

Anúncios

Tags:,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar

One response to “AQUAVIA | Lixão no fundo do mar”

  1. ALEXANDRE CARUSO says :

    CADE O MINISTRO DO MEIO AMBIENTE ? CADE OS DEPUTADOS DE SANTA CATARINA ??? CADE OS REPRESENTANTES DO POVO ??? VOTEM … É NISSO QUE DA … NINGUEM QUER NADA…

%d blogueiros gostam disto: