PORTOS.BR | Itapoá inicia operações em dezembro

http://www.parana-online.com.brFocado no transporte de contêineres, um novo porto, da iniciativa privada, a cerca de 100 quilômetros de Paranaguá, está dando o pontapé inicial para a contratação de 500 funcionários e iniciar as operações, em dezembro deste ano.

O porto de Itapoá, quase na divisa de Santa Catarina com o Paraná, promete concorrer com os terminais vizinhos no transporte desse tipo de carga – apontado como tendência a longo prazo na região Sul.

A previsão é de que, inicialmente, o novo terminal tenha uma capacidade para transportar 300 mil contêineres por ano, passando para 1 milhão após o fim de ampliações.

Para se ter uma ideia do potencial do empreendimento, o porto de Paranaguá – mais focado no transporte de grãos – movimentou, no primeiro semestre do ano, 334,7 mil TEUs, que são contêineres de 20 pés (6,10 metros).

O número é 13% maior que no mesmo período do ano passado, que terminou com um total de cerca de 628 mil contêineres transportados. As obras do porto de Itapoá, chamado de Tecon Santa Catarina, vão completar cinco anos em dezembro.

De acordo com a administradora do porto, o cais e a ponte estão concluídos, o pátio está 60% pronto e o prédio administrativo está com metade da obra civil encaminhada. Os investimentos já ultrapassam os R$ 475 milhões e a construção está sendo feita pela Andrade Gutierrez.

O cais e a ponte a que a administradora se refere são artefatos que diferem o porto de Itapoá da maioria dos outros terminais brasileiros. Isso porque o píer de atracação dos navios está a 230 metros da beira da praia da Figueira do Pontal, na baía da Babitonga, para aproveitar o canal que, ali, tem profundidade natural de 16 a 18 metros.

Devido a essa característica, o porto reduziu o impacto na praia, permitindo assim sua urbanização e utilização, inclusive com ampliação da faixa de areia. O acesso ao terminal será feito através da SC-415, chamada estrada da Serrinha, que liga Itapoá à rodovia Guaratuba-Garuva (SC).

O porto foi concebido pela holding paranaense Batistella, que se uniu à Logística Brasil Fundo de Investimento e Participações, da BRZ Investimentos, criando a Portinvest Participações.

O empreendimento recebeu, ainda, um investimento estratégico da Aliança Navegação e Logística, do grupo Hamburg Süd – a empresa, por sinal, pode atrair o transporte de contêineres para o local. Se a companhia alemã transferir todas suas operações no Paraná a Itapoá, Paranaguá pode perder cerca de 25% de sua movimentação de contêineres.

Empregos

As contratações para posições estratégicas já começaram no porto de Itapoá. Atualmente a empresa tem apenas 30 colaboradores. Os processos seletivos devem começar já em setembro, e a preferência é para residentes de Itapoá, da região Norte de Santa Catarina e também do Paraná.

O Tecon informa que está procurando profissionais com perfis “variados e complementares que combinam excelência operacional e administrativa”. Além dos 500 empregos diretos gerados -250 ainda este ano e o restante em 2011 -, a previsão é de que outras 2,5 mil vagas indiretas sejam criadas na região.

A promessa é de que os funcionários tenham benefícios compatíveis com os oferecidos por empresas de grande porte. A ideia é também montar um programa de educação corporativa, para qualificar e desenvolver os colaboradores. Há, inclusive, parcerias com a Marinha e instituições de treinamento e capacitação.

Serviço: interessados em participar do processo seletivo do Tecon Santa Catarina devem enviar seus currículos pelo site http://www.teconsc.com.br, no link “Trabalhe Conosco”.

Fonte: http://www.parana-online.com.br

Anúncios

Tags:, ,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: