PORTOS.BR | Paranaguá vai usar simulador para crescer

Edson Fonseca | JORNALE.COM.BR

Estudo vai orientar trabalhos de dragagem em Paranaguá


Usuários dos portos públicos do Paraná participaram de uma reunião, na tarde de quinta-feira (5), na sede da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa,) para conhecer um estudo que deve servir para determinar limitações de tamanho dos navios que realizam movimentações de carga nos terminais paranaenses, conforme projetos de dragagem e necessidades do mercado externo.

A proposta é dar meios para que os portos do estado estejam aptos a receber novos tipos de embarcação que passarão a operar na América do Sul com a realização de futuras obras de manutenção e aprofundamento do acesso marítimo. Participaram da reunião operadores portuários, armadores, práticos, autoridades marítimas e usuários dos terminais paranaenses.

Equipamentos de última geração devem simular manobras de atracação em tempo real, nas mais diferentes condições ambientais e com variados graus de dificuldade. A previsão é que o estudo comece de imediato e seja concluído em 60 dias, resultando em um relatório de viabilidade e eventuais restrições a ser apresentado em um workshop com duração de três a quatro dias, voltado para a comunidade portuária e marítima.

O estudo, feito por uma empresa especializada, considera três cenários de atuação: o atual, no qual o Porto de Paranaguá está autorizado a receber navios com até 301 metros de comprimento e 40 metros de largura; o obtido em médio prazo, com a dragagem de manutenção do acesso marítimo, prevista pelo termo de compromisso assinado entre Appa, IAP e Ibama; e o de longo prazo, obtido com as obras de aprofundamento dos berços e do canal da Galheta.

Anúncios

Tags:, , , , ,

About Alexandre da Rocha

Nasci carioca, nasci guanabarino. Desconfio que nasci marinho. Cheguei a deixar do mar, sim... Mas cadê que o mar deixou de mim? Vim morar
%d blogueiros gostam disto: